Blog do JJP - Notícias Populares do Maranhão

1 milhão de famílias beneficiadas pela Tarifa Social de Energia Elétrica no Maranhão

Aconteceu na última sexta-feira (18), no município de Alcântara, a celebração do marco de 1 milhão de famílias baixa renda beneficiadas pela Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) no Maranhão. O evento contou com a presença do Governador do Estado, Flávio Dino, do Presidente da Equatorial Maranhão Sérvio Túlio, além de representantes da Distribuidora, prefeitos e do Governo do Maranhão.

Alcântara foi escolhida para sediar o evento por ser um dos municípios com o maior número de comunidades quilombolas do Maranhão. Neste território vivem cerca de 3.350 famílias quilombolas, sendo que 2.139 estão cadastradas na Tarifa Social. Famílias quilombolas e indígenas inscritas no Cadastro Único e que atendam aos requisitos têm descontos que podem chegar a 100%, até o limite de consumo de 50 kWh/mês (quilowatts-hora por mês). Ao todo, Alcântara possui quase 4 mil famílias cadastradas. Considerando que o município possui mais de 55% da população com renda mensal de até meio salário mínimo, os benefícios do programa ultrapassam a conta de energia e promovem inúmeras outras melhorias socioeconômicas.

Dona Maria Tereza Ramos, é de comunidade quilombola e uma das beneficiárias da Tarifa Social. Ela foi cadastrada recentemente no município de Alcântara e destacou a importância do benefício para seu orçamento familiar. “Muito bom receber esse desconto na conta da energia, porque com ele já se compra outras coisas como peixe, carne ou o arroz, o remédio e outras coisas. A energia é uma coisa muito importante, uma água gelada, poder ter um ventilador, é bom demais”, ressaltou dona Maria.

A TSEE é um programa do Governo Federal que beneficia as famílias de baixa renda, quilombolas, indígenas ou que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC, cujo desconto pode chegar a até 65%. Também estão aptas famílias cujo membro dependa da energia elétrica para sobrevivência (equipamento vital).

Hoje o Maranhão está entre os três estados do país com a marca superior a 1 milhão de consumidores cadastrados no programa, e dentre eles ainda se destaca por ter a maior taxa de famílias cadastradas. São mais de 4 milhões de pessoas beneficiadas diretamente pela Tarifa Social no estado, possibilitando a oportunidade de destinar recursos do seu orçamento mensal, que iriam para o pagamento da conta de energia, à compra de alimentos e necessidades básicas para suas casas. Além disso, por meio da Tarifa Social, somente em 2021, mais de 378 milhões de reais foram injetados na receita dos municípios maranhenses movimentando a economia local.

Equatorial Maranhão realizou busca ativa para cadastro das famílias baixa renda

Para chegar a 1 milhão de famílias cadastradas, a Equatorial Maranhão se empenhou ao longo dos anos em garantir a busca ativa dessas famílias, pois algumas mesmo tendo direito ao benefício ainda não recebiam por desconhecimento ou por falta de atualização cadastral.

Nos anos de 2020 e 2021 a Equatorial intensificou ainda mais a busca por estas famílias, por meio de parcerias proativas que realizou com o Governo do Estado do Maranhão, através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social – SEDES e Secretaria de Estado da Saúde – SES, e por meio da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – FAMEM e prefeituras municipais.

Os Termos de Cooperação firmados com a SEDES, SES E FAMEM, apoiaram na realização dos cadastros das famílias. A SES por exemplo, viabilizou o cruzamento de dados com o DATASUS (Departamento de informática do Sistema Único de Saúde do Brasil), já a SEDES e a FAMEM possibilitaram a realização dos cadastros e a efetiva busca ativa.

Além disso, a Equatorial Maranhão desenvolveu e aprimorou ferramentas para facilitar o processo, como o sistema SOMOS, criado pela distribuidora para cadastramento das famílias nos CRAS- Centros de Referência da Assistência Social. Já em seus canais de atendimento ao cliente, a Equatorial investiu em tecnologia para disponibilizar o cadastro via WhatsApp, por meio da assistente virtual Clara no (98) 2055-0116.

O Ministério Público do Maranhão, por meio do Centro de Apoio Operacional do Consumidor (CAOp Consumidor), também foi um forte parceiro da Equatorial Maranhão, por meio do Projeto “Iluminar” criado para incentivar o uso da Tarifa Social, por meio de campanhas que levem aos cidadãos informações de acesso ao benefício e atualização cadastral do Número de Identificação Social (NIS).

De acordo com o Presidente da Equatorial Maranhão, Sérvio Túlio, este benefício é de grande importância para a família maranhense de baixa renda, e parcerias como essas fortalecem ainda mais o alcance dessas famílias. “A nossa busca ativa para chegar às pessoas que tem direito a pagar uma conta de energia mais barata é contínua. São anos de atuação em prol do alcance dessas famílias, e poder contar com a parceria do Governo do Estado do Maranhão nos ajudou e fortaleceu ainda mais o processo para o alcance desse marco de 1 milhão de famílias beneficiadas. Vamos em frente para avançar ainda mais e alcançar todas as famílias que podem receber a Tarifa Social. Essas ações fazem parte do nosso compromisso dentro do programa de responsabilidade social, de fazer a diferença na vida dessas pessoas, muito além da distribuição de energia elétrica”, enfatizou Sérvio.

Segundo o Governador do Maranhão, Flávio Dino, esta parceria é muito importante para o estado. “Um dos grandes problemas do Brasil reside nas desigualdades sociais, para combatê-las é imprescindível a ação conjunta visando o desenvolvimento, geração de emprego e investimentos como temos visto aqui no nosso estado, porém, ao mesmo tempo as políticas sociais são essenciais, especialmente no momento de grave crise. A tarifa social de energia garante acesso a um bem e direito fundamental, e na medida que as famílias podem ter a tarifa social de energia, nós temos, inclusive, a possibilidade de acesso a outros diretos como: lazer, direito a uma alimentação saudável, ao conforto nas suas residências. No ponto de vista econômico, para o estado significa também o ingresso de recursos públicos que, chegando às famílias, os lares da população do maranhão garantem que a circulação desse dinheiro, agregue outros benefícios, em outros setores econômicos”, enfatizou Flávio Dino.

Atuação do Grupo Equatorial para beneficiar as famílias de baixa renda

O Grupo Equatorial atua nos estados do Maranhão, Pará, Piauí, Alagoas, Amapá e Rio Grande do Sul, e atingiu a marca de mais de 3,1 milhões de famílias beneficiadas com a tarifa social.

O trabalho realizado pelo Grupo é contínuo e não pode parar, para que mais famílias possam ser beneficiadas e continuem a manter o desconto nas suas contas. O indicador da TSEE divulgado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) indicou que quatro distribuidoras do Grupo Equatorial estão entre as cinco melhores do país em cadastros na Tarifa Social (Maranhão, Pará, Piauí, Alagoas), em relação ao número de domicílios residencial.

De acordo com o CEO do Grupo Equatorial Augusto Miranda, “Esse resultado é reflexo da atuação do Grupo Equatorial, por meio do seu programa de responsabilidade social, que possui o compromisso de gerar valor para a vida das pessoas tanto no presente, quanto para as próximas gerações. Nós buscamos parcerias por meio de convênios com estados e prefeituras, fortalecendo a política direcionada a tarifa social de energia elétrica, realizamos busca ativa de clientes com direito ao benefício e reforçamos todos os canais de comunicação com os clientes para inclusão no cadastro, em um momento delicado para muitas famílias, em meio à crise provocada pela pandemia da Covid-19”, explica o CEO do Grupo Equatorial, Augusto Miranda.

Como se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica

Quem ainda não possui NIS – Número da Identificação Social, deve procurar o CRAS mais próximo para se cadastrar. Para quem já possui o NIS atualizado, pode buscar um dos canais de atendimento da Equatorial Maranhão para solicitar adesão à Tarifa Social. Para saber se você tem o NIS ou se ele ainda está ativo, ligue para a Central de relacionamento do Secretaria Especial do Desenvolvimento Social: 0800 707 2003.

Os canais de atendimento para cadastro na TSEE, para clientes que já possuem o NIS ativo são: WhatsApp (Assistente Virtual Clara) – (98) 2055-0116; Site: www.equatorialenergia.com.br; Central 116; Postos de Atendimento presencial da Equatorial Maranhão e APP Equatorial. Vale ressaltar que a TSEE é um benefício concedido pelo Governo Federal, desde 2002, às famílias brasileiras de baixa renda, indígenas e quilombolas ou que recebam o Benefício da Prestação Continuada – BPC.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Equatorial emite nota sobre contas de energia dos feirantes do Mercado das Vísceras em Codó

Nota de esclarecimento

Acerca de situação relatada sobre contas de energia dos feirantes do Mercado das Vísceras, em Codó, a Equatorial Maranhão esclarece que identificou que as ligações de energia nos boxes do mercado estavam irregulares e fora dos padrões técnicos e de segurança. Tão logo tomou conhecimento da situação, a Distribuidora realizou a regularização das ligações de energia para cada box.

Já em relação à postura e ação das equipes no local, a Distribuidora informa que irá investigar e tomar as medidas cabíveis.

Por fim, a Equatorial reforça que está disponível para negociação dos débitos junto aos feirantes, e ressalta que já entrou em contato com a prefeitura de Codó, que já está ciente de todo caso.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Ex-prefeito de Codó engana feirantes do Mercado das Vísceras e Equatorial cobra conta de Luz

Domingo. 8 de dezembro de 2.019. O então prefeito de Codó, Francisco Nagib, acompanhado do secretário municipal de Agricultura, atualmente vereador Araújo Neto, outros secretários e vereadores inauguram o novo Mercado das Vísceras da cidade. A nova obra, com uma área de 273 metros quadrados, tinha 22 boxes. Um local que iria melhorar os trabalhos de mais de 20 feirantes e magarefes. Foi uma festa.

Porém, hoje o local se tornou tristeza e preocupação.

A Equatorial, empresa responsável pelo abastecimento de energia elétrica, está cobrando cerca de 30 mil reais aos trabalhadores do local. Mais de 1.200 reais para cada feirante. Eles tem que pagar a conta da luz de um prédio público.

Na inauguração do Mercado das Vísceras, Francisco Nagib e Araújo Neto não informaram aos feirantes que a conta era deles. E agora, mais de dois anos, a Equatorial quer o pagamento do consumo de energia elétrica.

Francisco Nagib, que está no comando do Detran do Maranhão, e o hoje vereador Araújo Neto, devem explicar aos trabalhadores do mercado o que realmente aconteceu.

O prefeito de Codó, Dr. Zé Francisco, conversou com os feirantes, que sem saber devem a Equatorial, e colocou a assessoria jurídica do município a disposição do pessoal do mercado das vísceras para procurar resolver o problema.

Também seria bom o vereador Araújo Neto explicar o que aconteceu de fato. Francisco Nagib pode falar como o cidadão paga uma conta de energia elétrica de um prédio público.

Será que a Equatorial está querendo se dar bem nessa história?

Eleições 2022: Notas Rápidas

Federal ou vice?

Em entrevista coletiva à imprensa, nesta segunda-feira (7), no hall Plenário Nagib Haickel, o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), ao anunciar que estará se filiando ao PDT, em março, quando da abertura da janela partidária, deixou aberto em concorrer a outro cargo. “Sobre a que eu serei candidato, neste momento, a deputado estadual. Mas ainda tem tempo até a convenção, e, até lá, é possível que haja uma mudança de rota”, disse. Othelino pode ser candidato a deputado federal ou até mesmo vice.

Apoio de Braide

Durante a coletiva, o senador Weverton (PDT) disse que espera contar com o apoio do prefeito de São Luís, Eduardo Braide. “Totalmente. Ele [Eduardo Braide] sabe que não vai precisar marcar para falar, porque está ali do lado, diretamente”, disse Weverton.

Outras filiações

Após o anúncio da filiação do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto ao PDT, outros nomes também são esperados para compor as fileiras pedetistas. Pelo menos outros quatro deputados devem se filiar ao partido de Jackson Lago. Três deles já confirmaram: Ciro Neto, Wendel Lages e Pará Figueiredo.

Quinto elemento

O jornalista Jeisael Marx estreou, nesta segunda-feira (7), no Jornal da Difusora (1ª edição), que vai ao ar diariamente às 13h15 na TV Difusora e rádio 94,3FM. Ele passa a integrar a bancada com Adalberto Melo, Keith Almeida, Eduardo Ericeira e John Cutrim.

Três meses

O senador Weverton ressaltou, durante a coletiva ao lado do seu futuro colega de partido, deputado Othelino Neto, que o vice-governador Carlos Brandão terá, na prática, apenas três meses para governar. “De abril a junho, e nesse tempo nós ajudaremos no que for bom para a população do Maranhão e, também, fiscalizaremos qualquer tipo de abuso que venha a ser cometido”, afirmou. Segundo o senador, Brandão, a partir de julho, enfrentará todas as restrições impostas pela lei eleitoral.

Impeditivos

Entre os impeditivos de Carlos Brandão, a partir de julho, Weverton lembrou que o ainda tucano não poderá participar de inaugurações ou atos públicos do governo, não poderá fazer publicidade nos meios de comunicação e ainda pode enfrentar problemas caso assine novos contratos para realização de obras. (Veja a íntegra da coletiva no vídeo acima)

Vacância

Outra questão a ser enfrentada por Carlos Brandão assim que assumir o governo é que o cargo de vice-governador ficará vago. Por conta da vacância, quem assume o Governo é o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, aliado do senador Weverton, pré-candidato a governador do PDT, futuro partido de Othelino. Com isso, Brandão não poderá ficar por muito tempo fora do governo ou viajar por longo período.

Roseana Sarney recua, libera MDB para apoiar Brandão e decide concorrer à Câmara Federal

Parece que agora está batido o martelo: a ex-governadora Roseana Sarney resolveu mesmo recuar da sua prédisposição em ser candidata ao Governo do Maranhão, pela quinta vez, além de liberar o MDB para apoiar a candidatura do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), na corrida ao Palácio dos Leões, e fechar questão em torno de sua candidatura para a Câmara Federal.

Apesar de liderar todas as pesquisas de intenções de votos na disputa para o governo estadual, Roseana entendeu que esse não seria o melhor momento para entrar em mais um combate eleitoral majoritário, deixando a disputa para os demais concorrentes aos Leões.

Com isso, o MDB, por meio do deputado estadual Roberto Costa, que já mantém conversas avançadas com o PCdoB do secretário das Cidades, Márcio Jerry, deve mesmo não só apoiar a candidatura de Brandão, mas também fazer parte da nova gestão governista a partir de abril, quando o vice assumir a cadeira com a saída do governador Flávio Dino (PSB) para ser candidato ao Senado da República.

Edilázio diz que Edivaldo não recuará e nega conversa com outros candidatos: “fake news”

O deputado federal Edilázio Jr., presidente estadual do PSD, anunciou a volta das agendas do pré-candidato a governador, Edivaldo Júnior, ao interior.

“Segunda-feira de alinhamento em um clima muito bom de harmonia e união, que só beneficia este projeto sólido que estamos propondo para o Maranhão. Nos próximos dias, estarei viajando com o pré-candidato ao governo, Edivaldo Holanda Júnior, e com o deputado estadual César Pires, que vem para reeleição. O PSD fica muito feliz em ter esses quadros tão importantes nesta luta!”, disse Edilázio, que estava acompanhado do deputado César Pires.

Em conversa com o blog do John Cutrim, Edilázio afirmou que a candidatura de Edivaldo ao governo segue “100%” e que não há qualquer possibilidade de recuo.

“Queria dizer que é total fake news essas informações de que o Edivaldo pode recuar e está conversando com outros pré-candidatos. Não há conversa com nenhum dos nomes colocados ao governo. Estão espalhando essas inverdades de encontros, que nunca existiram. Edivaldo é o nosso candidato”, asseverou.

CERCADO DE LÍDERANÇAS, PAULA AZEVEDO DECLARA APOIO A CARLOS BRANDÃO AO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO

Depois de receber o apoio do Governador Flávio Dino(PSB) para a disputa das eleições ao Governo do Maranhão em 2022, a pré-candidatura de Carlos Brandão segue garantindo apoio de lideranças de todo o estado. 

Na manhã deste sábado(05), a prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo(PCdoB) mobilizou lideranças políticas de todas as regiões do município, em um grande encontro que contou com a presença do Secretário de Estado das Cidades, Márcio Jerry(PCdoB), do Deputado Estadual Pará Figueiredo(PSL) e do Assessor de Carlos Brandão, Ribamar Soares, além de representantes políticos de São Luís e outras localidades.

Durante o evento, a prefeita declarou apoio à candidatura de Carlos Brandão(PSB) ao Governo do Estado, e também destacou a importância de Márcio Jerry e do Governador Flávio Dino para o desenvolvimento de Paço do Lumiar nos últimos anos, com obras como a UPA do Maiobão, reforma e modernização da Praça da Família, construção da Estrada da Pindoba e Iguaíba, Maternidade de Paço do Lumiar, ações de imunização e combate ao Coronavírus, assim como outras demandas entregues com a participação direta do Vice-Governador, sempre presente nas ações no município. A grande aprovação de Paula Azevedo em Paço do Lumiar e seu apoio declarado ao Vice-Governador, é um ponto positivo muito forte para a campanha de Brandão, já que Paço do Lumiar é um dos cinco maiores colégios eleitorais do Maranhão.

Ribamar Soares, representante de Carlos Brandão no evento, disse que conta com o apoio do povo luminense: “O governo Flávio Dino e Brandão rompeu com décadas de atraso no Estado do Maranhão e Paula Azevedo rompeu com décadas de atraso em Paço do Lumiar, o luminense conhece essa realidade, o povo sabe que estamos em um tempo de crescimento e nós estamos confiantes, pois é visível que o povo luminense abraçou nossa proposta”, concluiu.

a prefeita Paula Azevedo explicou a importância do momento político para o crescimento de Paço do Lumiar e do estado: ” Viemos aqui apoiar nosso Vice-Governador, pois sabemos da sua competência, sua preocupação em atender nossas demandas, assim, devemos pensar no melhor para Paço do Lumiar, com Lula na Presidência da República, Flávio Dino no senado, Márcio Jerry, deputado federal, Pará Figueiredo na Assembleia Legislativa e Carlos Brandão Governador, nossa cidade só tem a ganhar, basta olhar as muitas obras e ações que já beneficiaram nosso município”, explicou a prefeita.

Márcio Jerry destacou a força política da prefeita de Paço do Lumiar: “Quando o gestor é bom, o povo reconhece, e a representatividade da prefeita Paula Azevedo é incrível, assim como ela declarou apoio ao nosso trabalho, eu também fiz questão de destacar que continuaremos trazendo obras e recursos para Paço do Lumiar”, informou.

Deputado Glalbert Cutrim anuncia que o PDT passa a integrar bloco com o PL, PSDB e mais seis partidos

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Glalbert Cutrim anunciou que o PDT, com seis deputados, passará a compor o Bloco Parlamentar Democrático, que é composto pelo PL, PRTB, PTB, PSL, PMN, PTC, PSDB e Republicanos. O líder será o deputado Vinícius Louro.

O BPD passará a ser o maior bloco da Assembleia, com 19 deputados.

De acordo com que apurou o blog, o bloco não será de oposição, mas alguns parlamentares de oposição, como já é o caso dos membros do PL, adotarão uma postura mais firme contra o governo.

Deve haver alterações também em outro blocos. O MDB passará a formar bloco com o PV. Já o PP continua com o Solidariedade.

O Bloco Parlamentar Unidos pelo Maranhão (“Blocão”) será composto por parlamentares dos partidos PCdoB, DEM, PROS, PSB, PT.

Fonte: John Cutrim

Lula amplia vantagem sobre rivais em nova pesquisa eleitoral

A oito meses das eleições presidenciais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou sua vantagem nas intenções de voto em relação aos demais candidatos já colocados na disputa, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta quarta-feira, 2. Na pesquisa estimulada, Lula tem 40,1% dos votos, enquanto Jair Bolsonaro (PL) tem 29,1%Sergio Moro (Podemos) tem 10,1%, Ciro Gomes (PDT) aparece com 5,6%, João Doria (PSDB), 2,4%, e André Janones (Avante), 1,1%. Simone Tebet (MDB), Rodrigo Pacheco (PSD) e Alessandro Veira (Cidadania) tiveram menos de 1% das intenções.

Em relação ao último levantamento do instituto, realizado em novembro, todos os candidatos tiveram pequenas oscilações em suas intenções de voto dentro da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, a exceção do líder petista. Lula havia pontuado 34,9% das intenções na pesquisa anterior.

O Paraná Pesquisas ouviu 2020 pessoas, em entrevistas face a face, de 162 municípios de todos os estados e do Distrito Federal, entre os dias 27 de janeiro e 1º de fevereiro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-09055/2022.

Lula venceria também nos cenários pesquisados para o segundo turno. Segundo a pesquisa, ele teria 48,8% dos votos contra Jair Bolsonaro (que teria 34,4%). Contra Sergio Moro, o placar seria 47,1% contra 29%. O eventual segundo turno entre o atual presidente e seu antigo ministro e ex-juiz da Lava Jato, terminaria com ambos empatados dentro da margem de erro (35,6% a 32,2% a favor de Bolsonaro).

Moro e Lula estão empatados no quesito rejeição, sendo os dois que têm menor índice (44% para o ex-juiz e 45,8% para o petista). Neste item, em que apenas os cinco principais candidatos foram pesquisados, João Doria obteve a maior taxa de rejeição, 64,3%.

Fonte: Coluna Maquiavel / Revista Veja

Procura-se urgentemente candidato a deputado federal

A maior dificuldade das legendas e dos presidentes de partidos para as Eleições de 2022, sem dúvidas, será montar uma chapa competitiva para a Câmara dos Deputados. A primeira eleição nacional sem coligações será um jogo de vida ou morte para muitos partidos.

Nesse cenário difícil, estão inseridos muitos presidentes de grandes partidos como Cléber Verde (Republicanos), Edilázio Júnior (PSD), André Fufuca (Progressistas) Aluísio Mendes (PSC), Júnior Marreca (Patriotas), entre outros.

Sem as coligações, pode ser que muitos partidos, que já tenham representantes na Câmara dos Deputados, deixem de ter, o que deixaria de fora muito peixe grande da política estadual.

Entenda a dificuldade no exemplo: Caso o presidente do Republicanos, Cléber Verde, obtenha 100 mil votos na próxima eleição, mas quociente eleitoral fique em torno de 180 mil votos, o hoje deputado federal não será reeleito, muito menos será suplente, mesmo com uma votação expressiva. Para seu desespero, ele ficará fora da legislatura sem nenhuma chance de assumir o cargo.

O mesmo aconteceu com muitos nomes na disputa pelo legislativo de São Luís, como Rose Sales (Cidadania), André Campos (MDB), Afonso Manoel (Solidariedade), Didi do PP (Progressistas), entre outros, que mesmo com votações expressivas, seus partidos não atingiram o quociente eleitoral, os deixando sem nenhuma chance de assumir o mandato.